Como comprar uma bicicleta usada

A tarefa de comprar uma bicicleta usada pode soar intimidadora para pessoas sem muita experiência. Como saber se o produto não é roubado? Como garantir que não se está fazendo uma falsa economia, comprando algo que logo vai precisar reparos e partes novas ou com problemas estruturais sérios?

Porém, com um pouco de informação é possível economizar uns trocados e sair pedalando uma máquina confiável tanto em sua mecânica quanto em sua origem. Siga as dicas abaixo para fazer colocar seu dinheiro em algo que você vai amar, sem dores de cabeça, sem peso na consciência.

PRODUTOS ROUBADOS

1) Peça para o vendedor o número de série da bicicleta. De posse desse número, você pode conferir o status da bicicleta em esquemas de segurança como o Bike Registrada, que mantém um cadastro de bicicletas atualizado pelos usuários. Desse modo, uma bicicleta roubada pode ser identificada. Geralmente o número de série encontra-se impresso no quadro da bicicleta, na parte de baixo da célula do movimento central.

movimento_central_numero-de-serie_bicicleta-roubada
Número de série, geralmente debaixo da célula do movimento central

2) Evite comprar em lugares famosos por vender produtos roubados, você estará alimentando uma indústria que um dia poderá transformá-lo em vítima.

3) Use mídias sociais para confirmar a origem do produto. Se estiver desconfiado, de posse de fotos e número de série, poste em grupos de bicicletas roubadas na internet, para diminuir as chances de comprar um produto roubado.

4) Se possível, peça ao vendedor se ele ainda tem a nota fiscal da compra original. Mas lembre-se que não ter a nota fiscal não é indicativo de que a bicicleta seja roubada – pense em quantas notas fiscais você tem de todos os produtos que tem em sua casa, provavelmente poucas ou nenhuma.

PROBLEMAS DE ESTRUTURA

5) Inspecione detalhadamente o quadro. Todo o resto pode ser substituido em uma bicicleta. Menos o quadro. Ferrugem, amassados, rachaduras e partes quebradas podem significar o fim de sua vida útil. Lembre-se de olhar com atenção especial em partes sujeitas a maior tensão, como as conexões dos diferentes tubos. Lembre-se que uma pintura nova pode esconder defeitos.

6) Certifique-se que o canote do selim pode ser removido, assim como os pedais. Em casos extremos de ferrugem, essas peças podem ficar presas no quadro e sua remoção é praticamente impossível.

quadro_bicicleta_
Você certamente não quer rodar morro abaixo a 45km/h em cima de uma rachadura dessas

7) Tenha certeza de estar comprando uma bicicleta de tamanho adequado. As opções ao se comprar algo usado diminuiem bastante. Você pode comprar algo mais pesado do que esperava, com uma cor que não seja a sua favorita ou mesmo um modelo levemente diferente do que você planejava e viver feliz com isso. Mas se comprar um quadro de tamanho errado, não há muito o que possa ser feito para reparar esse erro.

DESGASTE DE ROTINA E PARTES

8) Algumas partes da bicicleta precisam ser subsitituidas com uma certa frequência. Pneus, sapatas de freio e correntes se desgastam; cabos de freio e câmbio enferrujam; aros e raios precisam ser trocados. Verifique cada um desses componentes para ver o quão cedo eles terão de ser substituídos.

9) Observe as rodas e os raios. Gire a roda e espere um movimento minimamente constante, sem movimentos laterais muito amplos. Observe se todos os raios estão presentes nas rodas e com tensão semelhante. Raios são como cordas de um violão, se você os “tocar” eles irão produzir um som. Sons muito mais graves indicam falta de tensão no raio que podem prejudicar o bom funcionamento da roda.

10) Parece óbvio, mas não custa lembrar: pedale. Uma volta ao redor do quarteirão já basta. Se o vendedor topar, combine uma volta mais longa – de pelo menos uns 15 minutos para você ver como se sente na bicicleta.

E você – qual a sua opinião sobre bicicletas de segunda mão? O que você acha importante observar? Deixe suas dicas na caixa de comentários abaixo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s